Mais Um Brinde Ao Cataclysmo

As Verdades de Anabela

Compositor: Zeck Carvalho

E o falso império aqui se erguerá
Tentando iludir a todos que o mal
Que existe aqui um dia vai passar

Vejo sorrisos e almas cobertas de dor
Fantoches de um reino a onde fingem amar
Mas vejo um reflexo nos heróis que partiram
Morreram e deixaram um recado, de esperança e vida
Eu vejo corações feridos em pessoas
Que acreditam que não há algo maior
E o seu próprio egoismo te esmaga todo dia
Te tornando cada vez menor
E o teu medo de lutar te impede de enxergar e crer

E eu não vou ser mais um refém
De falsas promessas
E acreditar que tudo vai melhorar
Se eu não agir

Não ouse desistir do que é certo pra você
Mantenha a espada em suas mãos
E lute até o fim

E eu não vou ser mais um refém
De falsas promessas
E acreditar que tudo vai melhorar
Se eu não agir

Senhor multiplicai as minhas forças
E que eu combata um bom combate
E eu prefiro morrer tendo fé em deus
Do que viver sem acreditar

©2003- 2018 lyrics.com.br · Aviso Legal · Política de Privacidade · Fale Conosco desenvolvido por Studio Sol Comunicação Digital