A Intempérie

As Verdades de Anabela

Compositor: Zeck Carvalho

Quanto vale o seu sonho?
Me diga quanto vale o sonho?
Bleargh

Me diga, quanto vale o sonho pra você
Quanto daria pra não velo morrer
E no final das contas quanto sangue já usou
Para manter regada essa pequena flor
Muito cuidado! Pois o final da semeadura e o que te espera
E abra seus braços, pois o início dela mesma se revela

E a tempestade mais uma vez, me fez provar quem sou, provar quem sou
E os ventos fortes podem vir
Pois sei que eu não estou só, não estou só aqui

Muito cuidado ao ser superior
Pois quanto mais alto mais dura e a queda
Quer me atrasar doidão então demorou
Pois o final da semeadura e o que te espera

E a tempestade mais uma vez, me fez provar quem sou, provar quem sou
E os ventos fortes podem vir, pois sei que eu não estou só, não estou só aqui.

©2003- 2018 lyrics.com.br · Aviso Legal · Política de Privacidade · Fale Conosco desenvolvido por Studio Sol Comunicação Digital